Serviços de Buffet – Qual escolher?

polentinha

Os noivos sempre ficam na dúvida de qual tipo de serviço de buffet escolherão para o dia do casamento. Há algumas opções de tipos de serviço, porém nem todos os buffets têm todas as opções. Veja qual opção te agrada mais e se encaixa melhor no seu perfil e faça sua escolha! Quem colaborou com o post foi o amado buffet Zest, que tem um serviço impecável e uma cozinha deliciosa.

 

 

Como é: Há ponto de buffet e ilhas de comidinhas onde os convidados se servem, há garçons/copeiras para reposição das comidas e auxiliar os convidados.

Para quem é:  É um serviço bem informal e comum em coquetéis e eventos corporativos. Os convidados ficam bem a vontade e no geral ficam em pé.

 

 

 

Como é: É servido coquetel volante e há ponto de buffet onde os convidados levantam para se servir, mas há garçons/copeiras no ponto de buffet para servi-los e auxiliá-los. É um tipo de serviço bem comum em casamentos. Nesse caso a mesa deve estar montada e deve ter lugar para todos os convidados sentarem.

Para quem é: Trata-se de um serviço mais descontraído onde os convidados ficam a vontade. É importante que o serviço de buffet seja ágil e mantenha os pontos de buffet espalhados e sempre bem montados, pois assim não corre risco de formar fila no caso de casamentos com muitos convidados.

 

 

Como é: Tem o Direto e o Indireto. O direto é quando o garçom leva a travessa até a mesa e nos serve na mesa. Ele usa um ponto de apoio ao lado da mesa para montar o prato e nos servir. O Indireto é quando ele já nos leva os pratos montados e decorados na mesa.

Para quem é:  É uma maneira formal de servir, pois  terá horário para servir e recolher os pratos, os convidados não podem se servir no momento que quiserem. É mais cômodo mas necessita de um número maior de garçons.

 

 

Como é: O garçom leva a travessa nas mesas com os alimentos, servindo pelo lado esquerdo, com a colher e o garfo virados para o convidado e o próprio convidado se serve.

Para quem é:  É uma maneira um pouco mais formal, mas nem sempre os convidados se sentem a vontade.

 

 

Como é: Todos os pratos são servidos volante, ou seja, por garçons passando em bandejas. Nesse caso não há necessidade de mesas montadas para todos os convidados e pode ou não ter uma ilha com comidinhas também.

Para quem é: É um serviço moderno e descolado e quando bem feito, nenhum convidado passa fome. Veja bem, não é servido somente canapés, nesse modelo de serviço os pratos principais são servidos normalmente, a única diferença é que eles não ficam num ponto de buffet, eles são servidos o tempo todo por garçom. É bem cômodo para os convidados.