daminhas_2

Quando pensamos em dama de honra, logo vem em mente à ideia de uma criança fofíssima, que tenha algum laço afetivo com o casal, entrando na igreja com um vestido branco. Não que este tipo de personagem não seja legal, mas eu amo esta proposta de poder ousar nos casamentos. É, poder colocar esta função de levar as alianças nas mãos de alguém que seja hiper-mega importante em sua vida, tipo: sua avó ou seu pet! Amo!!!

PETS

Quando eu comecei a escrever este texto me veio em mente: mas, porque todos os casamentos têm damas de honra? Senta aí gata que vou te contar!

A história toda começou na Roma Antiga, onde os noivos eram acompanhados até a igreja por uma procissão de jovens da mesma idade e vestidos iguais, eles acreditavam que desta forma, os maus espíritos não poderiam diferenciar os recém-casados do restante do grupo e assim não os prejudicariam.

Mais ou menos no século V, na Inglaterra, a crença se tornou um costume popular e as chamadas “Demoiselle D’Honneur”, que são geralmente amigas próximas (solteiras, porque exposta no altar podem encontrar o seu noivo!) da noiva tem o papel de ajudar nos preparativos do casamento, dar apoio moral e acalmar a noivinha no grande dia. Como o próprio nome diz o papel da dama é “honrar” e servir a noiva.

Damas_adolescentes

Como tudo aqui no Brasil quando se fala em casamentos é diferente, é muito comum vermos meninas com idades de 6 a 12 anos, vestidas de branco, carregando objetos, jogando flores e levando as alianças.

Bem, agora que você já sabe sobre o significado de ter uma daminha de honra, vamos dar algumas dicas para te ajudar na escolha desta representante:

– Vestido branco parecido com o da noiva, só está liberado para as crianças, ok? Para as adultas só está liberado se for um branquinho básico;

– Quando as damas são jovens, é legal e de bom tom pedir para que todas elas usem vestidos iguais, mesma cor e modelo;

-Quando a dama é criança é bacana os noivos pagarem a roupinha, mas isso pode variar de acordo com o estilo dos pais. Tudo depende;

– Se a escolha para levar as alianças for o seu pet, é muito legal vesti-lo adequadamente para a ocasião, existem estilistas especializados nisso. Ah, é importante também pensar na logística com o pet, muitos ficam estressados em situações assim e precisam ser levados para casa, ou se for o caso, ter alguém disponível para cuidar dele e evitar que os convidados deem comidas inadequadas;

– As damas podem carregar o que quiserem nas mãos, pirulitos, doces, uma pétala… mas, se quiserem usar um buquê ele deve ser mais simplesinho que o seu;

page

– Se possível treine antes, principalmente com crianças e pets. Nada impede de darem uma gafe na hora, que a sua assessora do Peguei o Buquê irá resolver rapidamente, mas é legal treinar o papel de cada um.

É isso meninas. Vocês já escolheram as suas daminhas? Contem para a gente como será!